TrueGrit - MixedGrit Halftone 2a.tif

bienal publica! música & quadrinhos

(publicação de livro e exposição online)

Posts _ Instagram (1) (1).png
[ bienal publica! ]
Sobre o projeto

A Bienal Publica!, um dos eventos de inclusão e de visibilidade artística da Bienal de Quadrinhos de Curitiba, tem o prazer de lançar sua edição “Música & Quadrinhos”, com novidades: além da coletânea impressa, já tradicional, a Bienal Publica! diversificou seu formato e agora também oferece espaço a trabalhos de artistas de todo o país de forma online.

Sob a curadoria do quadrinista, ilustrador e artista visual Fabio Zimbres, foram escolhidas 51 obras entre 103 inscritos, que representam a criatividade e a diversidade de artistas de todo o país. São HQs, roteiros, animações, poesias, vídeos e outras formas de expressão que dialogam, de alguma forma, com o tema música & quadrinhos. Esta é a terceira edição do projeto, que já publicou centenas de artistas, iniciantes ou não, em coletâneas lançadas em 2016 e 2018.

Sonic Youth e a capivara rapper
Na versão impressa há 26 trabalhos de artistas do Paraná, de Santa Catarina, de São Paulo, do Rio de Janeiro, da Paraíba, de Minas Gerais e de Pernambuco. Há obras que tratam das bandas Sonic Youth e The Cramps; também há a sina de um pobre metaleiro, uma reflexão sobre o ato de dançar sozinho, uma curiosa história sobre um baião que um dia incendiou o Paraná, o resgate do histórico Festival de Águas Claras e as aventuras bem curitibanas de uma capivara rapper.

Na exposição virtual, são 25 obras, entre elas uma expansão gráfica da música “Artur Layne”, da banda Pink Floyd; um ensaio em imagens sobre a repressão policial ao som do grupo Garotos Podres; e uma crônica em quadrinhos sobre o show da Nômade Orquestra no Basement Cultural, em Curitiba, em 2017. Também fez parte da programação desta edição da Bienal Publica! a oficina “Webcomics: um Estudo Coletivo Sobre Possibilidades de Linguagem”, ministrada pela quadrinista mineira Lu Cafaggi durante a Bienal Online de 2020.

“Para além do aspecto de democratização, e de uma oportunidade de divulgação artística, esta edição da Bienal Publica! foi especial por dar continuidade num espaço de criação em tempos de pandemia. Conseguimos, mesmo assim, amplificar seu alcance na modalidade online, nos adaptando às novas possibilidades de publicação”, explica Luciana Falcon, uma das coordenadoras da Bienal de Quadrinhos de Curitiba.

Democratização da cultura
A Bienal Publica! surgiu em 2016 e seleciona, por meio de edital público e aberto para artistas de todo o território nacional, trabalhos artísticos que são lançados em publicação coletiva. Grande parte dos artistas que são selecionados pelo projeto nunca tiveram seus trabalhos publicados antes, e por isso a Bienal Publica! transformou-se em uma importante plataforma de difusão de trabalhos artísticos do Brasil para todo o Brasil de forma totalmente gratuita.

EXPOSIÇÃO ONLINE - Acesse aqui!

PUBLICAÇÃO EM FORMATO DIGITAL - Acesse aqui!

Ficha técnica

Coordenação geral Fabrizio Andriani, Gilmar Kaminski, Greice Barros e Luciana Falcon

Edição e capa Fabio Zimbres

Projeto gráfico Fabio Zimbres e Camilo Maia

Diagramação Camilo Maia

Assessoria de imprensa e revisão Cristiano Castilho

Desenvolvimento de site SG Studio

Apoio técnico Noah Mera

Realização Bienal de Quadrinhos de Curitiba

Produção Znort Editora, Flutua Produções e Núcleo Produções

Projeto realizado com recursos do programa de apoio e incentivo à cultura — Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba.